O Rafael gostava de ter um computador

O Rafael é um jovem cheio de sonhos, curioso sobre o mundo em geral, e gosta muito de aprender e de saber mais sobre vários temas.

Ele adora fazer caminhadas e desporto, é adepto de comida saudável e tem um gosto particular pelo mundo do café. Por outro lado, a sua paixão pela escrita, pela leitura, e por música, sobretudo Jazz, levou a que explorasse a veia de músico autodidata e que descobrisse e seguisse alguns músicos portugueses, com quem se identifica, como o César Cardoso, saxofonista e compositor.

Embora seja um pouco reservado, o Rafael é muito seguro de si e decidido – sabe bem o que quer e o que gosta. É um aluno exemplar e dedica-se com compromisso aos estudos com o objetivo de ingressar num curso Superior de Economia. Por isso, ter um bom computador portátil era muito importante para estudar e aproveitar ao máximo o curso. O seu grande desejo estava definido – um computador!

No dia da realização do desejo, o Rafael achava que se ia encontrar com a voluntária para irem a uma loja de artigos de desporto. Contudo, quando deu por isso, estavam todos na boutique da Nespresso, onde tinham um workshop sobre café preparado por especialistas na arte do café, só para eles!

Após várias histórias e partilhas de informação sobre o universo do café, muitas questões colocadas e curiosidades esclarecidas, chegou o momento de apurar os sentidos – o Rafael pôde experimentar diferentes texturas, essências e aromas de café através do tato, do olfato, e, finalmente, através do paladar também – estava na hora da degustação! O Rafael, a mãe e as voluntárias, experimentaram e compararam diferentes cafés e viram os seus sentidos ativados pelo poder do café. Até puderam provar e inspirar-se em receitas de cocktails com café para se refrescarem este verão! O Rafael gostou muito de descobrir tanta coisa nova sobre café e deliciou-se com as provas.

No fim do workshop, ainda recebeu um kit personalizado de “Coffee Barista” para poder aperfeiçoar as suas técnicas e arte do café, como um profissional.

Após uma curta caminhada, e sem saber para onde ia a seguir, o Rafael viu-se num espaço jovem, moderno e cheio de boa energia, para um brunch delicioso, onde não faltavam opções saudáveis, como ele tanto aprecia.

Enquanto olhava para o menu do brunch e tentava decidir qual das opções ia escolher para comer, e quando menos esperava, juntou-se à mesa do Rafael mais uma pessoa – o músico César Cardoso, que o Rafael tanto admira. Que surpresa! O Rafael não queria acreditar que o César Cardoso estava ali ao seu lado. No meio de tanta emoção, surpresa e confusão, o Rafael percebeu que o César trazia nas mãos duas caixas grandes embrulhadas, que lhe entregou, dizendo: “Tens aqui uma prenda para ti”.

O entusiasmo em conhecer o César foi tão grande que o Rafael quase se esqueceu que tinha dois presentes para desembrulhar. “Abre isto, acho que é para ti!”, disse-lhe o César.

O Rafael abriu o primeiro embrulho e viu um computador portátil, exatamente como tinha pedido. Apesar de não ser um rapaz muito expressivo, a felicidade e gratidão no seu rosto eram inegáveis. “Adorei. Era isto mesmo que eu queria!” – disse o Rafael.

Depois de ter recebido o tão desejado computador, o Rafael ficou confuso relativamente ao outro presente – se ele já tinha recebido o computador, que era o seu grande desejo, o que estaria dentro do segundo embrulho? – e começou a desembrulhá-lo, ainda com mais curiosidade.

“Muito obrigada. Não estava à espera.” – disse, emocionado, o Rafael, ao ser surpreendido com um grande monitor, escolhido para ele ter na sua secretária e poder estudar com mais conforto no novo computador portátil.

O César escreveu uma dedicatória no seu livro, comprado anteriormente pelo Rafael e trazido às escondidas pela mãe na esperança de um autógrafo, e ofereceu ainda 2 CDs ao Rafael. Juntou-se ao Rafael, à mãe, e às voluntárias para o brunch e a conversa continuou muito animada, ficando a promessa do Rafael ir a um concerto do César, como tanto queria, num futuro breve!

“Que dia maravilhoso. Estou com o coração cheio. Que aprendizagem, que família única e maravilhosa. Que gosto ter conhecido um jovem assim. O Rafael merece tudo, merece o mundo e merece o universo. Eu sinto me muito mais rica. […] Que bom a Make-A-Wish existir e eu fazer parte dela. Que feliz me sinto….💙💙💙”

– Voluntária Make-A-Wish.

“Já conhecia e admirava o trabalho da Make-A-Wish, nunca pensando um dia vir a conhecer de perto. Um muito obrigado à Make-A-Wish, pelos sorrisos de felicidade que vi em crianças no Hospital, que foram presenteados com o vosso trabalho. Por fim, um gigante obrigada pelo dia maravilhoso que proporcionaram ao Rafael, pelo carinho dedicado (…) tudo o que envolveu o desejo foi muito especial e vai ficar marcado nos nossos corações. Espero que continuem a fazer um excelente trabalho que é de extrema importância para estas crianças.”

– Mãe do Rafael.

Um agradecimento especial à Nespresso e ao César Cardoso por todo o apoio na realização deste desejo.

Desejo apadrinhado por: Make-A-Wish Portugal


Contador de Desejos

2 0 0 1