O que é um desejo?

Se pudesse desejar algo, o que seria?

Um desejo é a oportunidade única de uma criança fazer algo que nunca pensou ser possível. Numa altura delicada para estas crianças e suas famílias, surge a possibilidade de pedirem um desejo que as ajuda a ver além das suas limitações. A Make-A-Wish pretende levar-lhes um momento de força, alegria e esperança.

A concretização de um desejo proporciona experiências positivas que irão ajudar a criar resiliência e, acima de tudo, memórias que duram para sempre.

Tipos de Desejo

Gostava de conhecer…, por norma este tipo de desejo está associado à intenção de conhecer uma determinada figura pública ou ídolo da criança;

Gostava de ter…, quando uma criança demonstra a vontade de ter um brinquedo novo, um animal de estimação, um aparelho electrónico ou, ainda, a remodelação do seu quarto, entre muitas outras coisas;

Gostava de ser…, muitas crianças gostavam de desempenhar uma determinada profissão ou personagem e, desta forma, a Make-A-Wish® tenta permitir que as crianças personifiquem essa personagem ou profissão por um dia (princesa, chef, polícia, bombeiro, entre outros);

Gostava de ir…, existem muitas crianças que gostariam de ir a determinados destinos turísticos, como Disneyland Paris, Nova Iorque, Londres, Zoomarine, entre muitos outros.

O que acontece depois?

Como se processa a realização do desejo

A equipa Make-A-Wish® Portugal, após a receção da candidatura, entrará em contacto com os pais/detentores da tutela legal da criança, com o intuito de confirmar a elegibilidade da mesma; A equipa médica, que tem um conhecimento aprofundado do estado físico e psicológico da criança também é sempre contactada e atestam (ou não) a viabilidade da realização de determinado desejo;

Após atestar a candidatura como elegível, será constituída uma equipa de Voluntários que irá a acompanhar a criança ou o jovem em todo o processo de realização do desejo. Desejo esse que ficará para sempre marcado na memória e no coração da criança. Nesta fase, a Make-A-Wish® pretende assegurar que o desejo é única e exclusivamente da criança e que a deixará o mais feliz possível;

Após a verificação dos desejos, os passos seguintes variam de acordo com os desejos e com as questões logísticas associadas aos mesmos, iniciando-se nesta altura a Wish Journey.

Com a Wish Journey a Make-A-Wish® pretende capacitar os voluntários com novas ferramentas e métodos criativos por forma a facilitar a captação do verdadeiro desejo, bem como um melhor conhecimento da criança e um maior acompanhamento da família, ao longo desta viagem que é a realização de um desejo.

Dia do desejo – Este é o dia mais esperado pela criança/jovem. É o culminar de meses de ansiedade, é o momento que marcará o ponto de viragem na sua jornada contra a doença. Para que este dia se realize, a equipa médica terá sempre de aprovar a realização do desejo.

Na fase final deste processo, vem o momento em que é evidente o impacto que a realização dos desejos tem nas crianças. É depois da realização do desejo que é possível ver os benefícios (aumento da esperança, renovação das forças) que a realização de desejos tem nas crianças!

Todo o processo de realização dos desejos é um percurso percorrido em equipa, constituída por todas as partes envolvidas na realização do desejo, desde a criança/jovem, aos seus pais, família, voluntários e profissionais de saúde.

A Make-A-Wish® assegura-se, junto das equipas médicas, de encontrar o melhor momento para realizar o desejo, de modo a que a criança possa desfrutar ao máximo deste acontecimento que marcará a sua vida para sempre.

Caso existam dúvidas estaremos sempre disponíveis para explicar o porquê e encontrar uma alternativa.

Para uma criança gravemente doente, ver o seu desejo realizar-se significa que nada é impossível, significa recuperar a esperança e a força para continuar a lutar, significa poder esquecer por uns momentos a sua doença e ser simplesmente uma criança.


Não existem limites ou barreiras para os desejos das crianças e dos jovens. É, no entanto, importante ter em consideração que há determinados factores a ter em consideração, que podem levar a que os desejos sejam recusados, a saber:

  • O desejo tem que ser apropriado à idade da criança/jovem;
  • A equipa médica tem que atestar que a realização do desejo não representa riscos para a saúde da criança/jovens;
  • Restrições associadas a uma viagem;
  • Conflitos com normas estabelecidas pela Make-A-Wish® (tratamentos médicos, serviços, custos de tratamentos, ofertas diretas de dinheiro);
  • Observações adicionais;
  • Distinção entre as crianças, com base no género, etnia ou raça, credo ou condições socioeconómicas das crianças e jovens;
  • Os desejos não devem ir contra aos valores da Make-a-Wish® Portugal;
  • A Make-A-Wish® não efetua pedidos de donativos porta-a-porta, nem por via telefónica.

Contador de Desejos

1 4 0 3